Em Jogo emocionante, Bragantino bate o Flamento por 3 a 2 no Maracanã. assista os melhores momentos
20/06/2021
Assessoria / video GE

O Red Bull Bragantino segue invicto no Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado (19), no Maracanã, o Massa Bruta venceu o Flamengo por 3 a 2 e chegou aos 11 pontos, na liderança provisória do Nacional. Aderlan, Eric Ramires e Chrigor marcaram os gols do Braga. Rodrigo Muniz anotou os dois dos cariocas.

A próxima partida do time de Bragança Paulista será na quarta-feira (23) contra o Palmeiras. O duelo, válido pela sexta rodada, será realizado às 19 horas no Nabizão.

O jogo

Sob o comando do auxiliar técnico Maldonado, já que o treinador Maurício Barbieri cumpriu suspensão, o Massa Bruta começou o duelo segurando a pressão dos donos da casa sem deixar de atacar. Aos 9 minutos, pela esquerda, Helinho aproveitou sobra na ponta da grande área, cortou a marcação e soltou um forte chute, obrigando Diego Alves a fazer a primeira defesa da noite.

Dois minutos depois, em um lance de oportunismo, Helinho cobrou falta na área e viu Aderlan desviar com um belo toque de calcanhar e colocar a bola no ângulo para abrir o placar no Macaranã.

Aderlan quase fez mais um aos 13 minutos. Após cobrança de escanteio à meia altura, o lateral se antecipou da marcação na pequena área e desviou de letra. A bola bateu na trave.

O Flamengo reagiu no minuto seguinte com um chute de Rodrigo Muniz, mas Cleiton fez uma grande defesa e mandou para escanteio.

A equipe de Bragança Paulista seguia marcando firme, mas o Flamengo conseguiu o empate aos 26 minutos em uma nova finalização de Rodrigo Muniz.

O duelo seguiu equilibrado e Cleiton fez outra grande defesa em mais um chute de longe de Rodrigo Muniz, aos 35 minutos. O goleiro saltou no canto para impedir a virada.

Na segunda etapa, o Massa Bruta levou perigo aos cariocas logo aos 3 minutos. Após lançamento de Ytalo, Artur conduziu até a área e bateu rasteiro, mas a bola passou perto da trave de Diego Alves.

Apesar de buscar a vantagem mais uma vez, o Braga tomou a virada aos 18 minutos, novamente com Rodrigo Muniz.

A virada não desanimou o Red Bull Bragantino, que empatou o duelo cinco minutos depois. Após chute de Artur, travado por Filipe Luis, a bola bateu em Gerson e sobrou viva na grande área. Bem posicionado, Eric Ramires desviou de cabeça e igualou o placar.

A reta final da partida seguiu equilibrada, mas o duelo ainda guardava emoção para o minuto final. Aos 52 minutos, em um contra-ataque mortal, Cuello acionou Artur na esquerda e viu o companheiro cruzar na medida para Chrigor, que cabeceou para o fundo do gol e decretou a vitória do Braga por 3 a 2.

 
MAIS NOTÍCIAS
PARCEIROS